terça-feira, 6 de maio de 2014

APLICAR VAPOR NOS BOLOS



Para quem como eu gosta de assistir os programas do Budy Valastro, o CAKE BOSS, já deve ter notado que ele usa para finalizar as suas obras de arte de açúcar um vaporizador... até hoje eu me pergunto o por que disso... Me atirei as pesquisas, e eis o que descobri...

  • Aplicar vapor nos bolos tem dois efeitos imediatos: elimina restos de amido ou de açúcar impalpável (o que é especialmente útil nas cores escuras) e torna tudo mais brilhante.

  • Nos prateados, dourados ou outras cores metálicas, o vapor permite tornar a cor mais homogénea e ainda mais brilhante. Permite fixar os pós aplicados nas flores e bolos, e ajuda a livrar-se de dedadas que eventualmente possam ter ficado no bolo. O vapor intensifica as cores, pelo que deve experimentar antes, caso tenha uma indicação muito precisa do cliente ou uma amostra de tecido com a cor que o cliente pretende.

  • Este é um truque usado por alguns profissionais e que é amplamente difundido nos EUA, Canadá e países anglo-saxônicos, muito graças à divulgação da técnica pelas séries televisivas como o Cake Boss, mas é uma técnica muito útil e que se torna viciante.

No entanto, trata-se de uma técnica a aplicar quando se pretende um efeito brilhante numa peça ou num bolo, e nem sempre se quer tal efeito: atenção que o efeito brilho realça defeitos que poderiam passar despercebidos com o efeito mate, pelo que há que ter cuidado e verificar se, onde se vai aplicar vapor, está em condições para tal. Por exemplo, se se vai fazer um sapato em bolo, pode ter todo o interesse em passar o vapor que vai permitir um efeito ultra-brilhante, que de outra forma só se conseguia com gel de brilho, que não fica tão bonito.

Pois é... vivendo e aprendendo... e também... dividindo conhecimentos... beijos a todos.